A Google entregou ao Benfica informações sobre vários blogues que podem levar o clube encarnado a chegar às identidades das pessoas responsáveis. Após uma denúncia apresentada pelos responsáveis do Benfica a propósito do caso dos emails e da revelação de correspondência privada de alguns dirigentes, o The New York Times revela agora que a grande empresa tecnológica forneceu mesmo ao clube português dados sobre os autores dos blogues.

O jornal norte-americano cita um responsável encarnado, que confirma que o Benfica “chegou a acordo com as plataformas digitais”. Já a Google, que reagiu via comunicado, afirma que a tecnológica “notificou os utilizadores em questão dando-lhes uma oportunidade para responder ao processo legal a decorrer na justiça dos Estados Unidos”. O NY Times conseguiu ainda declarações do autor do blogue afeto ao Sporting “Artista do Dia”, um dos notificados – que é apresentado como um funcionário da área dos serviços com dois filhos – que disse: “Pensei que a Google e os milhares de milhões de utilizadores dos serviços Google estivessem protegidos por uma empresa com princípios e, acima de tudo, respeito pelos utilizadores que usam as suas plataformas. Acho que isto abre um precedente muito sério que só vai permitir manter o anonimato às pessoas com possibilidades financeiras”.

De recordar que, em março, o Benfica tinha anunciado uma queixa-crime contra o blogue “Mister do Café” e o “Mercado de Benfica Polvo”, neste caso apenas o primeiro afeto ao Sporting. Em abril, os encarnados avançaram também com um processo num tribunal da Califórnia contra um conjunto de gigantes da Internet, entre os quais a Google – neste caso argumentando que os emails roubados por um hacker foram posteriormente alojados em páginas como “blogspot”, “rgho” e “wordpress” e ‘rgho’, fazendo das empresas proprietárias desses serviços co-autoras do crime punido pela lei americana.

Google pode dar dados de blogues que publicaram emails ao Benfica após queixa no tribunal da Califórnia

De acordo com o The New York Times, que no início do mês apresentava em anexo a queixa avançada pelos encarnados, o objetivo do Benfica seria que esses mesmos gigantes da Internet fornecessem os dados que permitissem identificar de forma individual quem eram os bloggers e os administradores de cada uma dessas páginas, apontando a cerca de 100 pessoas (agora “John Doe”). “O Benfica foi vítima de um roubo e posterior divulgação da sua correspondência privada, primeiro por um canal televisivo ligado a um dos seus rivais, o FC Porto, e depois, no seguimento de uma decisão do tribunal que proibiu essa divulgação, esses emails, muitos deles distorcidos, começaram a ser publicados por blogues ligados aos clubes rivais”, diz.

No início deste mês de outubro, soube-se então que a Google notificou em setembro o blogue afeto ao Sporting “Artista do Dia”, de que poderia vir a fornecer os seus dados ao Benfica, nomeadamente o IP que permitiria chegar aos administradores e responsáveis daquela página.