O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira um decreto-lei que define a orgânica da Autoridade Nacional de Proteção Civil, com um sistema de concurso para dirigentes e um modelo de base metropolitana ou intermunicipal.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, explicou que, mediante a orgânica aprovada, passará a vigorar um “sistema, em regra, de concurso na designação dos dirigentes”, e uma evolução do atual “modelo distrital para modelo de base metropolitano ou intermunicipal”.

Eduardo Cabrita falava durante a conferência de imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Ministros dedicada à temática dos incêndios e da floresta realizada na Tapada de Mafra.