Aos 50 anos, Ken Block é um nome que dispensa apresentações para os amantes do automobilismo, sobretudo aqueles que apreciam a espectacularidade de andar (sempre) com o carro todo atravessado. Já lhe passaram vários pelas mãos, mas a todos o piloto norte-americano oferece o mesmo tratamento: powerslides com fartura. Por isso, é com expectativa que aguardamos os primeiros vídeos onde Block mostrará aquilo que é capaz de fazer com a sua mais recente criação, a Hoonitruck, a estrela de Gymkhana 10.

Enquanto não é possível vê-la em acção – o programa estreia a 7 de Dezembro, na Amazon Prime –, saiba que este projecto anda a ser trabalhado há dois anos, segundo o piloto. Block não esconde a excitação que o seu novo brinquedo lhe causa, descrevendo a Hoonitruck como “badass”…

A pick-up tem por base uma F-150 de 1977 que foi alvo de um tal tratamento que se torna difícil perceber onde acaba o original e começa a transformação – ou vice-versa. Rebaixada até ao limite, a Hoonitruck possui uma carroçaria em alumínio e um chassi desenvolvidos pela Detroit Speed, uma empresa sediada na Carolina do Norte, ao contrário do que o nome faria supor…

Tão ou mais importante é o que se esconde sob o capot desta máquina: nem mais nem menos que um motor EcoBoost V6 de 3,4 litros com dois turbos, “herdado” do Ford GT vencedor em Le Mans. Com este trunfo, estão assegurados 927 cv e 950 Nm de binário, com a potência a ser canalizada para as quatro rodas através de uma caixa de seis velocidades da Sadev. Havendo vários jogos de pneus, a diversão está garantida.