Justiça

Líder do Turismo do Porto terá patrocinado Guimarães em troca de apoio numa futura candidatura a presidente da Liga

158

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal queria ser presidente da Liga de Futebol e, para isso, terá patrocinado ilicitamente o Guimarães para procurar o apoio do clube vimaranense.

Miguel Pereira/Global Imagens

Melchior Moreira, o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), terá patrocinado o Vitória de Guimarães com o objetivo de, no futuro, poder contar com o apoio do clube numa eventual corrida à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. A notícia avançada pelo JN diz que nesta operação estiveram envolvidos 100 mil euros e que as suspeitas de participação económica em negócio e falsificação de documentos estão associadas a este suposto patrocínio, celebrado aquando da participação do clube vimarenense na final da Taça de Portugal, em 2017, num jogo contra o Benfica.

Em prisão preventiva há pouco mais de uma semana, Melchior é suspeito de viciação de contratos na instalação de Lojas Interativas de Turismo. Segundo dados recolhidos pelo jornal junto do Ministério Público e da PJ, a aproximação a Júlio Mendes, presidente do Vitória foi feita de forma a garantir apoio numa eventual candidatura. A ideia seria cair nas boas graças do clube através de um contrato em que, só naquele jogo, o patrocínio principal nas camisolas ficasse reservado para o TPNP, em troca de 100 mil euros — até esta proposta, o Guimarães apenas tinha uma outra de 50 mil euros.

De acordo com o JN, o TPNP não podia celebrar esse contrato pelo valor em questão, já que no ano passado tinha feito um outro, igual a este, mas a metade do preço — também não havia esse montante nos cofres deste organismo. A solução encontrada para contornar esta condicionante surgiu soba a forma de vários outros contratos paralelos, celebrados ao mesmo tempo que o das camisolas (fechado por 67 mil euros), cujos valores acumulados batiam nos tais 100 000€. A investigação acredita que estes contratos não tinham objetivo real e serviam apenas para diluir e despistar o valor do patrocínio — o que justifica outra das acusações que recai em Melchior, a de falsificação de documentos .

A juntar a estas acusações há também a de recebimento indevido de vantagem, já que Melchior terá viajado com o Vitória de Guimarães a Marselha, em França, para acompanhar um jogo da Liga Europa. A equipa de futebol terá tratado de todas as despesas da viagem, que aconteceu depois do tal patrocínio de 100 mil euros.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)