Na próxima semana vai ser inaugurada na Índia a estátua mais alta do mundo em homenagem a Sardar Vallabhbhai Patel, um importante político na luta pela emancipação da Índia do domínio colonial inglês. Com 182 metros de altura e 1850 toneladas de bronze, a estátua situa-se no estado de Gujarat, na região Oeste do país.

Este projeto ambicioso, estimado em 360 milhões de euros, foi anunciado em 2010 pelo Primeiro Ministro indiano Narendra Modi, à época ainda representante do estado de Gujarat, tendo contado com o apoio de várias entidades estatais indianas e de doações públicas.

No mundo, as pessoas falam da Estátua da Liberdade (com 93 metros de altura). Nós quisemos fazer a estátua de Sardar Patel com o dobro do tamanho”, afirmou Modi, em 2013, à CNN.

Espera-se que o Primeiro Ministro indiano inaugure esta estátua durante a próxima semana numa cerimónia que contará com a presença de alguns dos membros mais importantes do governo indiano.

Contudo, Modi tem sido alvo de críticas. Por um lado é acusado de se apropriar da fama de uma das figuras nacionais mais importantes do país, por outro, pelo facto de que Sardar Patel ter pertencido partido que atualmente representa a oposição no parlamento indiano.

Porém, importa referir que esta obra irá imortalizar incontornavelmente a luta de Patel no movimento pacífico de resistência contra o poder colonial inglês e como um símbolo da unificação estatal da Índia.