Dark Mode 136kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Mudança de ministro faz parar redes sociais do Serviço Nacional de Saúde

As redes sociais do Serviço Nacional de Saúde chegam a mais de 165 mil pessoas e são um importante meio de comunicação do Governo em termos de saúde pública, mas estão em baixo desde a remodelação.

i

A última publicação da página de Facebook do SNS é de 15 de outubro, dia da tomada de posse da ministra Marta Temido

A última publicação da página de Facebook do SNS é de 15 de outubro, dia da tomada de posse da ministra Marta Temido

A página do Serviço Nacional de Saúde no Facebook tem mais de 148 mil seguidores e é uma das principais ferramentas de comunicação do Ministério da Saúde com o público, divulgando todos os dias dezenas de conteúdos vocacionados para a promoção de hábitos saudáveis e informações sobre o funcionamento do sistema de saúde. Mas, desde o dia 15 de outubro — dia da tomada de posse da nova ministra da Saúde, Marta Temido — a página encontra-se parada: a última publicação é das 22h desse dia. Também as contas do SNS no Twitter (mil seguidores) e no Instagram (16,4 mil seguidores) — outros importantes canais de comunicação pública, embora menos expressivos — se encontram paradas desde a mesma altura.

Ao Observador, o gabinete da ministra da Saúde explicou que a paragem da atividade das redes sociais do Serviço Nacional de Saúde se deve à “fase de transição de gabinetes” provocada pela remodelação governamental anunciada por António Costa no dia 14 de outubro. Essa transição “obrigou à reafectação de recursos e alterações de procedimentos, nomeadamente no que se refere à gestão da página de Facebook, que consideramos ser um importante veículo de comunicação“, garante o gabinete da ministra Marta Temido. A conta de Twitter do Ministério da Saúde continua a ser atualizada. Quanto à página de Facebook do SNS, a reposição “será muito em breve“, assegura o Governo.

Remodelação no Governo: Costa muda ministros da Economia, Cultura, Defesa, Saúde

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou há duas semanas uma remodelação governamental que passou pela substituição de quatro ministros: o da Defesa, que agora é João Gomes Cravinho; o da Economia, que passou a ser Pedro Siza Vieira; o da Cultura, que passou a ser Graça Fonseca; e o da Saúde, que passou a ser Marta Temido em substituição de Adalberto Campos Fernandes — apenas dois meses depois de António Costa ter assegurado, numa entrevista ao Expresso, que quem achasse que Campos Fernando deixaria de ser ministro da Saúde poderia “tirar o cavalinho da chuva, que ele não deixará de ser ministro“.

[Exemplo de uma publicação da página do SNS com informações importantes sobre a vacina contra o sarampo]

A página do Serviço Nacional de Saúde no Facebook foi criada em setembro de 2017 e publicava, até ao dia 15 de outubro, mais de uma dezena de conteúdos diários. Entre as publicações da página encontravam-se não só notícias e informações úteis sobre o SNS, mas também conselhos e dicas de hábitos de vida saudável e alertas à população sobre temas como a vacinação ou o número de emergência nacional. A página disponibiliza ainda a possibilidade de contactar o SNS através do Messenger. No Twitter e no Instagram eram replicados os conteúdos da página de Facebook.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.