Um utilizador do Twitter partilhou este domingo uma fotografia com a seguinte legenda: “Esta foto de um corvo é interessante porque… é uma foto de um gato”. Foi o bastante para a imagem se ter espalhado na internet como um vírus: conta já com 162 mil gostos e mais de 57 mil partilhas. A confusão foi tal que até o algoritmo do Google a reconhece como sendo a imagem de um “corvo comum”.

A verdade é que se trata de um gato preto com a cabeça virada ao contrário, onde a orelha do felino faz a vez do bico da ave. A fotografia foi partilhada pelo utilizador Robert Maguire, que é diretor de investigação da organização sem fins lucrativos norte-americana Citizens for Responsibility and Ethics.

O gato-corvo baralhou até o algoritmo do Google. Segundo o jornal britânico The Telegraph, quando submetida à ferramenta do Google para detetar imagens (usada muitas vezes para detetar imagens falsas ou retiradas de contexto), o motor de busca identifica-a como sendo a imagem de um “corvo comum”.

Trata-se de uma ferramenta usada sobretudo para comparar uma imagem com milhares de outras de forma a encontrar semelhanças ou mesmo cópias, sendo que o algoritmo vai buscar os pontos mais emblemáticos, as linhas e as texturas para criar um modelo matemático associado à imagem.