A dívida pública baixou 314 milhões de euros em setembro, face ao final de agosto, para os 248,96 mil milhões de euros, após dois meses a subir, divulgou esta sexta-feira o Banco de Portugal (BdP).

“Para esta diminuição contribuiu essencialmente o decréscimo dos títulos de dívida em 0,6 mil milhões de euros, compensado parcialmente pelo aumento de certificados do Tesouro e outros depósitos junto das administrações públicas”, segundo o BdP.

Os ativos em depósitos das administrações públicas aumentaram 0,9 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um decréscimo de 1,2 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando os 223,7 mil milhões de euros.