Marcelo Rebelo de Sousa

Gaffe. Presidente da Câmara de Porto Santo chama Marcelo Caetano a Marcelo Rebelo de Sousa

389

Foi em direto na RTP, durante a visita do Presidente a Porto Santo. Idalino Vasconcelos trocou o nome de Marcelo Rebelo de Sousa pelo de Marcelo Caetano, último presidente do conselho do Estado Novo.

Marcelo Rebelo de Sousa está de visita à Madeira esta quinta e sexta-feira

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

O presidente da Câmara Municipal de Porto Santo, Idalino Vasconcelos, trocou o nome de Marcelo Rebelo de Sousa com o de Marcelo Caetano, que ocupou o cargo de Presidente do Conselho de Ministros durante os últimos anos do Estado Novo. O erro foi cometido em direto para a RTP, depois de Vasconcelos ter recebido o Presidente da República em Porto Santo, no âmbito das comemorações dos 600 anos da descoberta da ilha.

“Foi para nós uma grande honra receber o professor doutor Marcelo Caetano nestes festejos que são, para nós, um marco importante…”, afirmou o autarca, sendo imediatamente corrigido pelo jornalista do canal de televisão: “Marcelo Rebelo… de Sousa”. A gafe parece não ter passado despercebida, e já há quem a comente nas redes sociais, segundo o Diário de Notícias da Madeira.

Marcelo está de visita à Madeira desde quinta-feira e deslocou-se a Porto Santo para participar nas cerimónias dos 600 anos da descoberta das duas ilhas. Esta sexta-feira está no Funchal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

A mudança (que se impõe) na Europa

Rodrigo Saraiva

Ao invés do que supus, Macron tem desperdiçado as oportunidades para ser um agente da mudança. Aquilo que era um aparente europeísmo tem vindo a mostrar-se um eurocentrismo com toques de egocentrismo.

China

Vamos mesmo ignorar isto? /premium

Sebastião Bugalho

A Europa assumiu pela primeira vez que o expansionismo da China representa uma ameaça para o continente e os jornais portugueses, que tão competentemente cobriram a visita de Xi, não fazem perguntas?

Governo

Quem quer casar com um governante?

Luís Reis

Se Soares foi Presidente-Rei, Costa revelou-se Primeiro-Ministro-Rei chamando o seu reduto doméstico a participar no governo dos súbditos, um nepotismo rosa instalado e a preparar a sucessão dinástica

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)