Benfica

Processo e-toupeira revelado parcialmente na internet

Onze volumes dos autos do caso e-toupeira e os áudios dos interrogatórios e das inquirições de diversas testemunhas foram divulgados num blogue crítico de Luís Filipe Vieira e do Benfica.

António Pedro Santos/LUSA

“Mercado de Benfica” está a divulgar desde o dia 5 de novembro peças processuais do chamado caso e-toupeira. Depois de já ter divulgado na íntegra o despacho de acusação, o blogue começou por publicar cópias dos 11 volumes dos autos principais do inquérito que foi concluído a 4 de setembro com uma acusação contra o Sport Lisboa e Benfica, Sociedade Anónima Desportiva (SAD) e o seu funcionário Paulo Gonçalves pelos crimes de corrupção ativa, recebimento indevido de vantagem e 28 crimes de falsidade informática.

Uma parte dos áudios dos primeiros interrogatórios de Paulo Gonçalves e do funcionário judicial José Silva, detidos em março de 2018, foi igualmente divulgados. Nas cópias divulgadas é possível ouvir a identificação de Gonçalves e de Silva mas apenas foram divulgadas as alegações dos advogados de defesa, nomeadamente as de Carlos Pinto de Abreu (advogado de Paulo Gonçalves) e de Paulo Gomes (advogado de José Silva).

Depois de ouvir a promoção de prisão preventiva do seu cliente requerida pelo procurador Valter Alves, da 9.ª Secção do DIAP de Lisboa, Paulo Gomes manifestou-se indignado, tendo criticado a atuação do Ministério Público (MP). “Quem leva bancos à falência pode estar em liberdade, um indivíduo recebe umas camisolas uns bilhete tem que estar preso”, disse, numa referência a Ricardo Salgado que apenas esteve vários meses em regime de prisão domiciliária.

Gomes foi ainda mais longe e comparou a situação do seu cliente com a de Otávio Correia, funcionário do Tribunal da Relação de Lisboa suspeito por ter adulterado a distribuição de processos no âmbito da Operação Lex — que tem o juiz desembargador Rui Rangel como principal suspeito. “Até me repugna, como é que nesta cidade um funcionário judicial é apresentado ao Supremo Tribunal de Justiça por violação e adulteração da distribuição e aí não é pedida, nem aplicada, nem promovida sequer uma medida privativa de liberdade”, criticou o causídico, alegando que o Ministério Público, por ser uma magistratura hierarquizada, não pode ter interpretações tão díspares da lei.

A juíza de instrução criminal Cláudia Pina, que liderou os primeiros interrogatórios dos arguidos detidos, concordou com o MP e colocou José Silva em prisão preventiva. Em setembro, Silva ficou em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Recorde-se que José Silva foi igualmente acusado no caso e-toupeira de corrupção passiva, recebimento recebimento indevido de vantagem, violação do segredo de justiça e acesso indevido e falsidade informática.

Os áudios das inquirições de diversas testemunhas durante a investigação liderada pelo procurador Valter Alves também foram divulgadas pelo blogue “Mercado de Benfica”, assim com os autos de buscas judiciais ao escritório e a casa de Paulo Gonçalves.

O blogue “Mercado de Benfica” tem ganho notoriedade por revelar o conteúdo das caixas de emails de Luís Filipe Vieira, Domingos Soares Oliveira, de Paulo Gonçalves e de outros dirigentes do Benfica.

O clube da Luz queixa-se que os seus servidores informáticos foram alvo de um ataque organizado para roubar informação que classifica como privada e empresarial, tendo apresentado diversas queixas criminais e cíveis em Portugal para ser ressarcido dos prejuízos que diz que foram causados. Decorrem igualmente ações judiciais interpostas pelo Benfica nos Estados Unidos para obrigar empresas como o Facebook e a Google a divulgarem os dados que identifiquem os autores de blogues, como o “Mercado de Benfica” “Mister do Café” ou o “Artista do Dia”, entre outros, que têm divulgado a informação que o clube da Luz alega que foi furtada.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)