A circulação ferroviária na estação central de Barcelona foi restabelecida cerca de uma hora depois de dois comboios terem sido evacuados por questões de segurança, quando foi encontrada uma mala abandonada, anunciou a Renfe. As autoridades chegaram a ativar o equipamento para desativação de explosivos.

A Renfe, responsável pelas ligações ferroviárias em Espanha, informou na rede social Twitter que a circulação de Alta Velocidade foi totalmente restabelecida na estação de Barcelona Sants.

Segundo a agência de notícias Efe, de acordo com a polícia regional, os Mossos de Esquadra, esta quarta-feira de manhã foram evacuados dois comboios, nas vias 3 e 4 da estação de Barcelona e estavam ao inicio da manhã a ser feitos testes nas vias das ligações AVE [alta velocidade] seguindo os “protocolos de segurança”.

Um porta-voz do Mossos de Esquadra adiantou que os dois comboios foram revistados, mas não deu mais pormenores sobre o assunto. A mesma fonte disse que os agentes seguiram o protocolo de segurança e ordenaram a evacuação da estação enquanto se realizavam as verificações. Mais de uma hora depois, as autoridades anunciaram na rede social Twitter que a estação tinha “retomado as operações normais”.

A Renfe tinha divulgado anteriormente nas redes sociais uma declaração em que afirmava que, “a pedido dos Mossos de Esquadra, a partir de 08h21 [07h21 em Lisboa] foi interrompida a circulação de comboios de alta velocidade, uma vez que passa pela estação de Barcelona Sants”.