Animais

Camarão mantis: o animal mais forte do mundo

101

O gancho deste crustáceo pode atingir 80 quilómetros por hora. As suas tenazes são tão fortes que são capazes de quebrar aquários e perfurar as conchas das suas presas.

AFP/Getty Images

O camarão mantis (também conhecido por lagosta mantis), foi considerado o animal mais forte do planeta. Esta é uma espécie crustáceo que pertence ao grupo dos Stomatopoda — ordem no reino animal composta por várias espécies de crustáceos marinhos  que tem cerca de 12 cm e padrões de cores muito vivas.

Este camarão habita no grande recife de coral da Austrália e usa as suas tenazes, que funcionam como cotovelos em vez de punhos, atacando as suas presas tão rápido quanto uma bala. Quando mantidos em cativeiro, são conhecidos por conseguirem quebrar os vidros dos tanques onde são colocados.

A força e a velocidade das suas tenazes permitem-lhes serem capazes de partir as conchas das suas presas — geralmente caranguejos ou moluscos — batendo-lhes com força sem as quebrar. Um estudo publicado na revista científica iScience, demonstra que esta estrutura, de nome Bouligand, impede que pequenas fissuras levem à quebra das tenazes, que se assemelham a um objeto de cerâmica.

Se pedíssemos a um engenheiro mecânico para fazer uma mola que pudesse armazenar uma grande quantidade de energia elástica, eu não pensaria em usar cerâmica”, disse Ali Miserez, cientista de materiais da Universidade Tecnológica de Nanyang que liderou a pesquisa, ao El Espanol.

Até agora, a cerâmica tem sido considerada como um material inflexível que é propenso a quebrar, no entanto, esta descoberta orgânica vem desconstruir o mito. A regeneração desta “cerâmica animal” permite que o camarão mantis dê golpadas extremamente poderosas sem danificar as suas tenazes permanentemente, chegando a atingir uma velocidade média de 80 quilómetros por hora.

(descrição do mecanismo de funcionamento e utilização das tenazes do camarão mantis) 

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)