Curiosidades Auto

Lavagem sob (alta) pressão pode destruir o carro

Lavar o veículo com uma máquina de alta pressão é o ideal para retirar a lama e os insectos agarrados à pintura. Mas deve ter atenção com a máquina que escolhe, pois esta quase destruiu o carro.

Autor
  • Observador

Quando é necessário lavar o carro, recorrer a uma máquina sob pressão será a solução ideal, se o objectivo for retirar os restos de lamas já secas e de insectos, que se agarram à pintura e parecem não querer largar. E é um facto que, quanto maior for a pressão com que a água sai da pistola da máquina, maior é a facilidade em conseguir eliminar tudo o que é estranho à carroçaria. Mas, como quase sempre acontece, há limites para tudo.

A prova que maior pressão não é necessariamente sinónimo de carro mais bem lavado é-nos dada por um vídeo da SpotOnStudios, que recorreu à máquina de pressão de água mais potente que conseguiu encontrar para lavar o velhinho Peugeot 206. A ideia era, como sempre, retirar toda a sujidade que se agarra à pintura e aos pneus, deixando o automóvel pronto para passar à fase da esponja e do detergente, sem necessidade de esfregar em demasia, o que só por si pode danificar a pintura.

O operador pegou num equipamento que fornece água a uma pressão de 43.000 PSI, cerca de 3.000 bar, o que além de ser um número redondo, aparentava ter a quantidade de zeros necessários para garantir uma limpeza total. E garantiu. A limpeza e uma série interminável de mossas na carroçaria. Os vidros foram pulverizados pela água e até os pneus, que estavam em bom estado quando estavam sujos, passaram a estar limpinhos, mas rasgados como se ali tivesse passado uma faca gigante, depois de lavados pela água sob pressão.

Quando se opta pela maior pressão possível, é bom ter presente que o bom é inimigo do óptimo e que uma máquina de pressão para lavar um carro ou uma moto garante um bom desempenho se fornecer o líquido entre 100 e 150 bar (1.500 a 2.200 PSI). A 250 bar (3.600 PSI) a água já retira impurezas do chão e até tinta da parede, o que torna evidente que os 3.000 bar e 43.000 PSI eram um abuso, a menos que o objectivo fosse, por exemplo, cortar pedra ou metal fino.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)