A Mitsubishi renovou por completo a sua pick-up, que no nosso país conhecemos como L200 Strakar, mas noutros mercados é vendida como Triton e Forte, entre outras. E as diferenças são tão importantes quanto a evolução face à geração anterior, tanto no exterior como no interior.

As maiores alterações são mais evidentes por fora, com a L200 a exibir uma frente mais “forte” e cheia de personalidade, tipicamente o que os clientes deste tipo de veículos dão preferência. Mas o arranjo estilístico surge também em linha com o modelo da gama SUV mais recente, o Eclipse Cross.

13 fotos

Segundo o CEO da marca, Osamu Masuko, que reconhece a L200 como um dos mais importantes modelos globais da Mitsubishi, “o sucesso da pick-up vai acelerar o ritmo de recuperação da empresa, rumo a um crescimento sustentável”, salientando ainda que “introduz um novo patamar no que respeita ao conforto, durabilidade e robustez”, isto num veículo que é fabricado há cerca de 40 anos.

Além da estética renovada, a L200 passa a usufruir de um sistema 4×4 melhorado e com duas versões distintas, a Super Select 4WD e a Easy Select 4WD. Ambas oferecem quatro modos de condução distintos, designadamente Terra, Lama/Neve, Areia e Rocha. Com o novo sistema de transmissão, o modelo passa a regular a potência do motor, a caixa de velocidades (se automática) e os travões para limitar as perdas de aderência, o que lhe permite lidar mais à vontade com pisos escorregadios, além de passar a disponibilizar soluções como Hill Descent Control.

11 fotos

O chassi continua a recorrer a longarinas, por ser a solução mais robusta, montando discos de maior dimensão à frente, onde mantém as suspensões independentes de duplos triângulos. A nova pick-up conta ainda com amortecedores maiores atrás, caixa de seis velocidade manual ou automática de cinco.

As especificações europeias da L200 serão conhecidas mais próximo da data de lançamento do modelo no Velho Continente, próximo da Primavera de 2019, mas isso não vai impedir a Mitsubishi de exibir melhores materiais, mais equipamento de conforto, além de um maior número de sistemas destinados a incrementar a segurança. Entre estes, o destaque vai para detectores de veículos e peões, para evitar embates e atropelamentos, avisador de ângulo morto e aproximação de veículos em manobras de marcha-atrás.

13 fotos