O lucro da Sonaecom fixou-se em 70,5 milhões de euros até setembro, uma subida em comparação com os 24,9 milhões de euros registados no período homólogo, foi esta segunda-feira comunicado ao mercado.

“O resultado líquido atribuível ao grupo fixou-se em 70,5 milhões de euros, significativamente acima dos 24,9 milhões de euros obtidos nos [primeiros] nove meses de 2017”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Por sua vez, até setembro, o volume de negócios do grupo subiu 16,7%, em comparação com o período homólogo, para 122,7 milhões de euros.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) totalizou 30,2 milhões de euros, uma subida de 26,1%. Já o investimento (capex) operacional, excluindo investimentos financeiros, caiu 18,2% para 5,4 milhões de euros. A dívida líquida do grupo, com participação na operadora NOS e dono do jornal Público, recuou 28,1% para 237,3 milhões de euros.