Ambiente

Um milhão de euros para projetos ambientais nas zonas afetadas pelos incêndios em outubro

As candidaturas de entidades públicas e privadas a quase um milhão de euros para projetos ambientais nos concelhos afetados pelos incêndios de outubro de 2017 decorrem até 31 de dezembro.

MIGUEL A. LOPES/EPA

As candidaturas de entidades públicas e privadas a quase um milhão de euros para projetos ambientais nos concelhos afetados pelos incêndios de outubro de 2017 decorrem até 31 de dezembro, segundo a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

De acordo com um comunicado divulgado esta segunda-feira pela SCML, o Fundo Recomeçar já abriu as candidaturas de apoio financeiro para entidades públicas, incluindo autarquias locais, e privadas que desenvolvam projetos de recuperação e prevenção ambiental nas zonas afetadas pelos incêndios de outubro de 2017.

Esta é a terceira fase do programa, com uma verba disponível de 926.892,00 euros, e tem como objetivo “promover a concretização de iniciativas de cariz ambiental, cujas candidaturas abranjam as áreas afetadas pelo drama de outubro do ano passado”, indica a SCML.

“O apoio financeiro disponibilizado pelo Fundo Recomeçar pretende, por um lado, dar uma resposta imediata à requalificação ambiental e florestal das zonas consumidas pelas chamas de outubro e, por outro, contribuir para a preservação de recursos limitados, através de iniciativas preventivas no controlo de matos e redução de material combustível nas muitas freguesias que viram parte do seu património natural destruído”, lê-se na nota.

O Fundo Recomeçar foi criado pela SCML, com um orçamento de quase quatro milhões e quinhentos mil euros para aplicar nos concelhos afetados pelos fogos de outubro de 2017.

A primeira medida, no valor total de 2,5 milhões de euros, consistiu no apoio financeiro a 11 mil e 500 crianças e jovens de agregados beneficiários de abono de família pelo 1.º escalão, residentes em freguesias dos 50 concelhos atingidos pelos incêndios de outubro, tendo cada criança recebido 220 euros durante o mês de setembro para apoio às despesas escolares no início do ano letivo.

A segunda medida do programa pretende apoiar o associativismo jovem, através da ajuda financeira a associações que promovam o desenvolvimento das zonas e da população afetadas pelos incêndios, e tem uma verba total disponível de um milhão de euros.

De acordo com a SCML, “está neste momento em curso” a análise das candidaturas a este apoio.

O Fundo Recomeçar, gerido pela SCML, Instituto de Segurança Social e Associação Nacional de Municípios Portugueses, é constituído pelas receitas dos resultados líquidos da exploração dos jogos sociais do Estado, atribuídos à SCML, vendidos na semana de 16 a 24 de dezembro 2017.

Na terceira medida do Fundo Recomeçar, a Santa Casa tem ainda como parceiros a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)