O ministro que coordena o Governo de Transição no Brasil e futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou esta quarta-feira que o Presidente eleito, Jair Bolsonaro, e a sua equipa querem criar o Ministério da Cidadania. A nova pasta foi anunciada numa entrevista que Onyx Lorenzoni deu à rádio Gaúcha e vai reunir as áreas de desenvolvimento social, direitos humanos e políticas de combate às drogas.

“O Ministério do Trabalho ficará junto com a produção ou vai para um outro ministério chamado de Cidadania, que aí tem lá [reunirá] o Desenvolvimento Social, os Direitos Humanos. Para a gente poder sair de 30 ministérios para 16, 17 ou 15, tu tens que fazer essa concentração, esta reestruturação e isto é bem complexo”, declarou Onyx Lorenzoni.

“O martelo está batido. O Ministério da Cidadania vai cuidar dos direitos humanos, do desenvolvimento social e vai trazer a Senad [Secretaria Nacional anti-drogas], que foi criada no passado e vai trabalhar com a recuperação de drogados”, explico. No entanto, o próximo Presidente brasileiro não confirmou ainda a criação da nova pasta.