A Holanda reentrou esta sexta-feira na luta pela qualificação para a final four da Liga das Nações de futebol, ao vencer a campeã mundial França, por 1-0, num resultado que atirou a Alemanha para o segundo escalão.

A jogar em casa, os holandeses derrotaram os franceses, que precisavam de apenas um empate para chegar às meias-finais da nova competição da UEFA, com golos de Georginio Wijnaldum (44 minutos) e de Memphis Depay (90+5), de grande penalidade.

A Holanda, com menos um jogo, passou a somar seis pontos, menos um do que a França, defrontando na derradeira jornada a Alemanha, que, com apenas um ponto, já está despromovida, num encontro em que lhe basta um empate para seguir em frente. Esta foi mesmo a primeira derrota da França, desde que se sagrou campeã mundial em julho.

Na Liga B, a Dinamarca assegurou a subida ao primeiro escalão, ao vencer em casa do País de Gales, por 2-1, de nada valendo aos galeses o golo da sua grande estrela, Gareth Bale, aos 90 minutos. Com menos um encontro disputado, os dinamarqueses passaram a somar sete pontos no Grupo 4, mais um do que o País de Gales, que não volta a jogar, enquanto a Irlanda tem apenas um ponto e já está despromovida.

Também no segundo escalão, a Ucrânia, que já tinha garantido a subida ao primeiro escalão, perdeu os primeiros pontos no seu último encontro no Grupo A, ao ser derrotada em casa da Eslováquia, por 4-1. Os ucranianos terminam o grupo com nove pontos, com a Eslováquia e República Checa, ambas com três pontos a discutirem na última ronda a manutenção.

Tudo ficou igual no Grupo 3 da Liga C, com os empates a um golo entre Chipre e Bulgária e entre Noruega e Eslovénia, com noruegueses e búlgaros a liderarem com 10 pontos, mais seis do que cinco do que cipriotas e nove do que eslovenos.

No Grupo 4 da Liga D, confirmou-se o favoritismo, com a Arménia a golear em Gibraltar, por 6-2, e a Macedónia a vencer no Liechtenstein, por 2-0, ficando a um ponto da subida.