Rádio Observador

Instituto Nacional Estatística

Preços na produção industrial sobem 4,8% em outubro pelo 3.º mês consecutivo

Os preços na produção industrial mantiveram o crescimento homólogo de 4,8% em outubro, pelo terceiro mês consecutivo. Os agrupamentos de Energia e de Bens Intermédios representaram o maior contributo.

JULIAN STRATENSCHULTE/EPA

Os preços na produção industrial mantiveram o crescimento homólogo de 4,8% em outubro, pelo terceiro mês consecutivo, impulsionados pelos agrupamentos de Energia e de Bens Intermédios, indicou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os agrupamentos de Energia e de Bens Intermédios apresentaram o maior contributo para a variação do índice global, com 3,2 e 1,3 pontos percentuais, respetivamente, de acordo com o INE, que indica que no primeiro destes agrupamentos, a variação homóloga foi de 15,8% em outubro (15,7% no mês anterior), enquanto que no segundo agrupamento passou de 4,5% em setembro para 4% no mês de outubro.

“Excluindo o agrupamento de Energia, os preços na produção industrial tiveram um aumento de 2,1% (igual ao observado no mês anterior)”, acrescenta o INE.

A secção das indústrias transformadoras registou um aumento homólogo de 4,9%, contra uma variação homóloga de 4,6% no mês anterior.

Em termos mensais, o índice de preços na produção industrial registou uma subida de 0,4% em outubro, igual à registada em outubro de 2017 e superior em 0,1 pontos percentuais à observada no mês precedente.

Os agrupamentos de energia e de bens Intermédios, com taxas de variação de 1,4% e 0,3% (1,3% e 0,7% em outubro de 2017, pela mesma ordem), deram os contributos mais significativos para a variação mensal do índice total (0,3 pontos percentuais no caso do agrupamento de energia e 0,1 pontos percentuais no de bens Intermédios).

Por secções, o aumento do índice total foi determinado pelas indústrias transformadoras, com um contributo de 0,5 pontos percentuais, originado pela taxa de variação mensal de 0,6% (0,3% em igual período do ano anterior).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Racismo

O mérito não tem cor de pele nem etnia

João Pedro Marques
381

Os activistas querem implementar quotas e outros mecanismos compensatórios e precisam desesperadamente de argumentos científicos para justificar esse seu propósito. É gato escondido com rabo de fora.

Combustível

Os motoristas e o mercado

Jose Pedro Anacoreta Correira

Quando o Governo não consegue instrumentalizar politicamente os sindicatos, passa ao ataque. A luta e defesa dos trabalhadores é só para trabalhadores do Estado e filiados na CGTP.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)