Vários espaços da zona da Avenida da Liberdade, em Lisboa, acolhem, na sexta e no sábado, concertos de artistas e bandas como Johnny Marr, Jungle ou Conan Osiris, no âmbito do festival de música Super Bock em Stock. Entre as 12 salas que acolhem concertos deste festival estão o cinema São Jorge, os teatros Capitólio e Tivoli, o Coliseu dos Recreios, o Maxime (que reabriu recentemente como restaurante e bar, num edifício convertido num hotel), o Palácio Foz e a Casa do Alentejo.

Pelo Coliseu dos Recreios passam, na sexta-feira, Manuel Fúria e os Náufragos com convidados, Johnny Marr e Capitão Fausto, e, no sábado, Still Corners, U.S. Girls e Jungle. O Tivoli está ‘reservado’ para Lena D’Água e Primeira Dama com a banda Xita e Conan Osirios, na sexta-feira, e para Tim Bernardes e Holly Miranda, no sábado.

O extenso cartaz inclui ainda artistas e bandas como Beatriz Pessoa, David Bruno, Cassete Pirata, Fogo Fogo, NGA, Nakhane, Dino D’Santiago, Masego, Darksunn, Elvis Perkins, Charles Watson, Lola Mars, Conner Youngblood, Rekkie Snow, Birds are Indie e The Saxophones.

Além das 12 salas, haverá ainda concertos num autocarro que fará um percurso entre a zona central da Avenida da Liberdade e os Restauradores, passando assim pelas várias salas, e que pode ser usado gratuitamente por quem tiver bilhete para o festival. Na sexta-feira, a música a bordo fica a cargo da dupla Funkamente! e no sábado dos Hércules.

Este ano, o festival de música volta a ter o nome da primeira edição, deixando de se chamar Vodafone Mexefest, por troca do principal patrocinador, da empresa de telecomunicações para a cervejeira, o conceito é o mesmo.

Apesar dessa mudança, o promotor do festival, Luís Montez da Música no Coração, garantiu, em declarações à Lusa, que o conceito do festival é o mesmo: “Mostrar o talento novo, acompanhar os artistas enquanto eles ainda estão a dar os primeiros passos e ser surpreendido por novas tendências, novas sonoridades”.

O festival Super Bock em Stock aconteceu de 2008 a 2010, depois foi rebatizado para Vodafone Mexefest, entre 2011 e 2017, retomando agora o nome inicial.