O comediante português Ricardo Araújo Pereira vai conversar com o humorista britânico Jimmy Carr no Cinema São Jorge, em Lisboa. A sessão é aberta ao público, mediante pagamento de bilhete. Os dois comediantes vão discutir “técnica, estrutura e ritmo” de piadas, às 19h de dia 15 de março do próximo ano. O encontro é apresentado como um misto de entrevista do português ao inglês com conversa informal entre os dois.

A conversa terá por base o livro “The Naked Jape — Uncovering The Hidden World of Jokes” (traduzido para português, significa algo como “A Piada Nua — Revelando o Mundo Escondido das Piadas”), escrito por Jimmy Carr e Lucy Greeves. Na obra, “são coligidas e explanadas quatrocentas das melhores piadas de sempre”, refere a sinopse do evento, enviada ao Observador.

Os bilhetes para assistir ao encontro em Lisboa entre dois dos mais prestigiados humoristas europeus custam entre 30 e 35 euros e estarão à venda a partir de amanhã. A entrevista-debate inicia-se apenas três horas antes do primeiro de três espetáculos que Jimmy Carr tem agendados na capital portuguesa. Depois de atuar em Lisboa nos dias 15 e 16 de março (no último dos quais com sessão dupla), Carr passará ainda pelo Theatro Circo, em Braga, no dia 17, e pela Casa da Música, no Porto, dia 18.

Os espetáculos inserem-se na digressão mundial “The Best Of – Ultimate Gold Greatest Hits”, em que o comediante britânico apresenta uma súmula das suas melhores piadas em mais de 15 anos de carreira.

https://www.youtube.com/watch?v=O2_HbqPpQDk

A passagem por Portugal de Jimmy Carr, comediante britânico de 45 anos conhecido pelo registo mordaz das suas sessões de stand up (espécie de monólogo humorístico apresentado ao vivo), foi anunciada há cerca de dois meses. Ao longo da carreira, iniciada há 18 anos, Carr já atuou para mais de um milhão e meio de espetadores, apresentando solos como “Gag Reflex”, “Laughter Therapy” e “Funny Business”.

Entre os prémios que já somou, contam-se um galardão entregue pela Royal Television Society e um prémio British Comedy.