Uma mulher barricou-se esta manhã de quinta-feira num banco em Alès (Gard), França, e ameaçou fazer rebentar uma bomba que alegadamente traria consigo, avançou a imprensa francesa. A polícia esteve no local e duas horas após negociações por telefone conseguiu que ela se entregasse, já pelas 13h30. Desconhecem-se, para já, os motivos do caso.

Segundo o Midi Libre, a mulher terá entrado na banco LCL ainda não eram 10h00. A força especial da polícia francesa só chegou ao local pelas 11h30, depois de as autoridades locais terem percebido que a mulher não parava com as ameaças. As ruas em torno da Rua d’Avéjean, onde aconteceu, foram fechadas ao trânsito por razões de segurança.

Uma fonte policial disse ao Le Parisien que a mulher, uma cliente daquele banco que terá cerca de 60 anos, acabou por aceitar, numa fase inicial, que todos os ocupantes do banco saíssem pelo seu próprio pé, acabando por ficar ela sozinha nas instalações bancárias. A suspeita ainda permaneceu sozinha o banco mais de uma hora, após a primeira vitótia dos negociadores. Pelas 13h30 acabaria por entregar-se às autoridades e ser levada para o hospital, lê-se no Objectif Gard.