Instituto Nacional Estatística

Taxa de desemprego cai em setembro para 6,6%, mínimo desde 2002

Em setembro, a taxa de desemprego foi de 6,6%, registando um mínimo desde 2002 e coincide com a estimativa apresentada há um mês. Em termos homólogos, reduziu 2 décimas comparativamente com 2017.

A taxa de desemprego de 6,6% coincide com a estimativa provisória divulgada há um mês

MARIO CRUZ/LUSA

A taxa de desemprego foi de 6,6% em setembro, um mínimo desde 2002, menos três décimas do que em agosto e menos duas décimas do que no mesmo mês de 2017, anunciou esta quinta-feira o INE.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) também refere que a taxa de desemprego de 6,6% coincide com a estimativa provisória divulgada há um mês e avança que a estimativa provisória da taxa de desemprego de outubro de 2018 aponta para 6,7%, mais uma décima que no mês precedente.

Comparando com agosto, a população desempregada em setembro diminuiu 5,0% (menos 18,0 mil pessoas) e a população empregada aumentou 0,2% (mais 8,8 mil pessoas).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
António Costa

O desrespeito como forma de governar /premium

André Abrantes Amaral

Costa desvaloriza os factos, desconsidera e desrespeita as pessoas porque dessa forma se desresponsabiliza. Tal é possível porque o PS estagnou, não só a economia, mas também a essência da democracia.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)