O governo indiano vai impedir que as crianças carreguem mochilas demasiado pesadas e acabar com os trabalhos de casa nos primeiros anos de escolaridade, para que as crianças não precisem de andar tão carregadas com livros. As diretivas, segundo conta o The Telegraph, surgem para travar problemas de costas e outros problemas de coluna detetados em crianças indianas.

As regras exortam as escolas indianas a substituírem os trabalhos de casa por trabalhos na escola, principalmente nos primeiros anos de escolaridade, e definem limites de peso para as mochilas que variam de acordo com a idade da criança, depois de um estudo ter demonstrado que o excesso de peso nas mochilas afeta o desenvolvimento da coluna das crianças.

A ideia de legislar sobre o peso das mochilas surgiu na sequência de um estudo da associação de Comércio e Indústria da Índia que revelou que 68% das crianças indianas podem vir a sofrer de dores nas costas (que podem evoluir para dores crónicas) e arriscam mesmo ter  danos permanentes na coluna. O mesmo estudo, que abrangeu mais de 2500 crianças e 1000 pais das grandes cidades do país, demonstra que 88% das crianças entre os 7 a 13 anos carregam mais de 45% do seu peso nas mochilas.