A história começa com uma câmara de videovigilância a gravar um casal a tentar desesperadamente tirar algo que caiu numa grelha de respiração em pleno Times Square, em Nova Iorque. Mais tarde, a polícia de Nova Iorque descobre o que tinha desaparecido: um anel de noivado. Recuperada a aliança, e depois de limpa pelas autoridades, começou a caça ao casal de noivos.

Na sua página de Twitter, a polícia nova-iorquina lançou o apelo para que quem soubesse a identidade do casal partilhasse a informação. O anel estava são e salvo e o objetivo era devolvê-lo aos seus donos.

“Procurado por deixar cair um anel de noivado em Times Square. Ela disse sim, mas ele estava tão excitado que o deixou cair numa grade”, lia-se no primeiro tweet da NYPD. Logo a seguir, num novo post, a polícia nova-iorquina partilhava a imagem do anel perdido.

E só foi preciso um dia para o Twitter fazer a sua magia. Depois de milhares de partilhas, o casal de noivos apareceu e recuperou a sua aliança de noivado. O último tweet sobre o caso da NYPD, mostra uma fotografia de John e Daniella e diz apenas: “Obrigado, Twitter. Caso fechado.”

“Estamos tão contentes, nem conseguimos acreditar”, disse o jovem casal britânico à BBC neste domingo. John Drennan, que quis deixar claro que não fez a proposta de casamento em cima do respiradouro, contou que andou com o anel no bolso durante dois dias, à espera do momento ideal.

A pergunta tinha sido feita no Central Park, dois dias antes de o casal ter perdido o anel: “O momento era certo. Havia flores de outono por todo o lado e poucas pessoas à nossa volta.”

Daniella Anthony disse que sim, mas havia um pequeno problema: o anel era demasiado largo para o seu dedo. Apesar do seu alerta, o noivo insistiu que ela o usasse e o desastre acabou por acontecer, quando se dirigiam para o hotel.

“Presumi que tinha desaparecido para sempre. No final, não tínhamos outra hipótese se não seguir o nosso caminho e tentar aproveitar o resto do fim de semana”, explicou o jovem britânico. Foi já no regresso ao Reino Unido, que a história sofreu um twist inesperado. Nem Daniella nem John têm conta no Twitter, por isso estavam longe de saber o que se estava a passar e de como a sua história se estava a tornar viral. Foi um amigo que os contactou para saber se não eram eles o casal mais procurado de Nova Iorque.

“Nem podíamos acreditar, pensávamos mesmo que tinha desaparecido”, explicou Daniella. Agora, o casal está agradecido a toda a gente “especialmente à polícia de Nova Iorque e a todas as pessoas que partilharam a história”.