Futebol

Ronaldo procura sexta Bola de Ouro em ano em que não é favorito

Embora parta sem favoritismo para a conquista do galardão entregue pela revista France Football, o futebolista português pode conquistar esta segunda-feira a sexta Bola de Ouro da sua carreira.

Cristiano Ronaldo foi vencedor em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017

CLAUDIO GIOVANNINI/EPA

O futebolista português Cristiano Ronaldo pode conquistar esta segunda-feira a sexta Bola de Ouro da sua carreira, mas parte sem favoritismo para a conquista do galardão entregue pela revista France Football.

Vencedor em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017 — as edições de 2013 e 2014 foram entregues em conjunto com a FIFA –, Ronaldo volta a estar entre os finalistas do prémio, mas, ao contrário de outros anos, não surge como favorito ao triunfo.

Campeão da Liga dos Campeões e melhor marcador da prova, Ronaldo já perdeu o prémio de melhor jogador da FIFA para o croata Luka Modric, ex-companheiro no Real Madrid e vice-campeão do mundo.

Também o argentino Lionel Messi (FC Barcelona), com quem Ronaldo dividiu os últimos 10 prémios, parece estar fora da corrida a uma sexta Bola de Ouro.

Além de Modric, surgem como principais candidatos os franceses Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid) e Raphael Varane (Real Madrid).

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
CDS-PP

O governo merece uma censura /premium

João Marques de Almeida

Se o Presidente, o PM e os partidos parlamentares fossem responsáveis e se preocupassem com o estado do país, as eleições legislativas seriam no mesmo dia das eleições europeias, no fim de Maio. 

Arrendamento

A coisa /premium

Helena Matos

Programas para proprietários que antes de regressarem à aldeia entregam ao Estado as suas casas para arrendar. Torres com 300 apartamentos. O arrendamento tornou-se na terra da intervenção socialista

Médicos

Senhor Dr., quanto tempo temos de consulta?

Pedro Afonso

Um dos aspetos essenciais na relação médico-doente é a empatia. Para se ser empático é preciso saber escutar. Ora este é um hábito que se tem vindo a perder na nossa sociedade, e nas consultas médicas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)