Inovação

Robôs de limpeza autónomos chegam à cadeia de lojas da Walmart nos EUA

Feitos numa parceria com a Brain Corp., são totalmente autónomos e conseguem cumprir a sua função mesmo quando estão rodeados por clientes.

A cadeia de lojas de venda ao retalho americana Walmart vai introduzir robôs de limpeza nalgumas das suas superfícies de venda a partir de janeiro do próximo ano. Estes aparelhos, feitos numa parceria com a Brain Corp., são totalmente autónomos e conseguem cumprir a sua função mesmo quando estão rodeados por clientes, uma vez que estão equipados por sensores que detetam a proximidade de objetos e pessoas.

A vendedora californiana tem feito já alguns avanços no que concerne à implementação de tecnologia preparada para à análise de prateleiras, para a reposição de produtos fora de stock, bem como alguns avanços na monitorização de vendas para a compreensão das necessidades dos seus clientes, tal como a Amazon faz.

Podemos agarrar em qualquer coisa com rodas e torná-la num robô autónomo”, “o seu Sistema Operativo está para os robôs como o Android está para os smartphones“, disse Eugene Izhikevich, CEO da Brain Corp., em entrevista à Bloomberg.

Neste caso a Brain Corp. não produz a sua própria maquinaria, adapta e desenvolve o Sistema Operativo que opera nos robôs e fá-los funcionar em sistemas fechados, neste caso na área circunscrita à loja da Walmart. Contudo este processo tem dois passos antes de os robôs serem autónomos: em primeiro lugar, as máquinas necessitam de um operador humano que lhes ‘ensine’ e que delimite as áreas que terão de limpar, e apenas depois é que ficam totalmente por sua conta.

A Bloomberg avança ainda que John Crecelius, vice presidente da Walmart, referiu que “o BrainOS é uma ferramenta poderosa que vai minimizar os esforços dos nossos empregados em tarefas mais repetitivas e vai permitir-lhes ter mais tempo para o atendimento ao cliente.”

Atualmente assemelham-se ao ‘cruzamento’ entre um zamboni  — limpador de pistas de hóquei no gelo — e uma cadeira de rodas elétrica e já operam no aeroporto de San Diego, Boston e Miami. No entanto, a Brain Corp. revelou que será comercializada no Japão uma nova versão mais pequena que terá um braço robótico, que caso tenha sucesso poderá introduzida noutros mercados. Revelou ainda que futuramente os robôs poderão vir a ser usados para fazerem patrulhas de segurança.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Tecnologia

Gostava de lhes dar os parabéns, mas não posso.

Tiago Silvério Marques

Só se obtém liderança usando as tecnologias que temos ao nosso dispor em vez de fugir delas, fazendo uma análise correta do que é o digital e fazendo da experiência do cliente ou cidadão a prioridade.

CDS-PP

O governo merece uma censura /premium

João Marques de Almeida

Se o Presidente, o PM e os partidos parlamentares fossem responsáveis e se preocupassem com o estado do país, as eleições legislativas seriam no mesmo dia das eleições europeias, no fim de Maio. 

Arrendamento

A coisa /premium

Helena Matos

Programas para proprietários que antes de regressarem à aldeia entregam ao Estado as suas casas para arrendar. Torres com 300 apartamentos. O arrendamento tornou-se na terra da intervenção socialista

Médicos

Senhor Dr., quanto tempo temos de consulta?

Pedro Afonso

Um dos aspetos essenciais na relação médico-doente é a empatia. Para se ser empático é preciso saber escutar. Ora este é um hábito que se tem vindo a perder na nossa sociedade, e nas consultas médicas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)