Saúde

Confirmados 26 casos de sarampo na região de Lisboa e Vale do Tejo

Entre os casos confirmados, 22 são adultos e quatro são crianças, de acordo com um novo balanço da DGS, no qual é recordada a existência de dois surtos distintos na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Entre os casos confirmados, 22 são adultos e quatro são crianças

Getty Images

Autor
  • Agência Lusa

Vinte e seis casos de sarampo foram confirmados laboratorialmente entre os dias 8 de novembro e 4 de dezembro na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Entre os casos confirmados, 22 são adultos e quatro são crianças, de acordo com um novo balanço da DGS, no qual é recordada a existência de dois surtos distintos na região de Lisboa e Vale do Tejo.

A DGS dá conta da existência de um surto em Cascais com 19 casos confirmados, com origem num caso importado da Ucrânia. Há ainda a registar outro surto em Oeiras com cinco casos confirmados, com origem num caso importado da República Checa.

“Neste período foram ainda confirmados dois casos isolados, sem ligação epidemiológica conhecida aos referidos surtos e que estão a ser investigados”, segundo a DGS. Na nota, a DGS adianta ainda a existência de 25 casos suspeitos com resultado negativo.

Os sintomas do sarampo levam entre 10 e 12 dias para aparecer, quando há transmissão por contacto com gotículas ou propagação no ar através da tosse ou espirros da pessoa infetada. O período de contágio inclui os quatro dias antes e os quatro dias depois de a doença se manifestar na pele. Febre, erupção cutânea, tosse, conjuntivite e corrimento nasal são os sintomas.

A Direção-Geral de Saúde tem disponível a linha SNS 24 (808 24 24 24) para esclarecer dúvidas, recomendando a vacinação contra “uma das doenças infeciosas mais contagiosas”.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

Pode alguém pedir que se aja com escrúpulos?

Rita Fontoura
622

A falta de escrúpulos está a destruir o nosso país. Fomos enganados e estamos a ser enganados. É algo que não salta à vista e por isso engana, o que não espanta já que quem nos governa teve bom mestre

ADSE

As guerras da saúde fazem sentido? /premium

Rui Ramos
298

Na cínica “ideologia do SNS” não temos qualquer preocupação com a saúde pública, mas um projecto de domínio da sociedade pelo poder político e ainda um cálculo eleitoral partidário. 

Ministério da Saúde

A ministra incendiária /premium

José Manuel Fernandes
2.959

O PS enganou-se no campo de batalha, pois querer tratar como “supletivo” 42% do nosso sistema de saúde não é apenas uma loucura ideológica, é uma facada no coração da classe média. Em ano de eleições.

Saúde

Brincar com a saúde! /premium

Manuel Villaverde Cabral
149

A gerigonça tem muitas batatas quentes nas mãos mas estas duas (saúde e envelhecimento) talvez possam ser politicamente iludidas nas próximas eleições mas não no futuro financeiro e económico do país.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)