Tesla

Tesla bate Mercedes. Depois da BMW…

123

Depois de ultrapassar o valor do Grupo BMW em bolsa, no mês passado, a Tesla repetiu a proeza este mês, mas em relação à Daimler, grupo que além da Mercedes, inclui ainda os camiões e a Smart.

Vale o que vale, mas o valor das empresas em bolsa, se bem que nada tenha a ver com o seu volume de facturação ou capacidade de gerar lucros, tem tudo a ver com o futuro e a probabilidade de vir a gerar dividendos para os accionistas. E se a bolsa atribuiu maior valor à Tesla do que ao Grupo BMW (mais a Mini e Rolls-Royce) em Outubro, repetiu a proeza em Novembro, mas desta vez em relação à Daimler, sendo que esta inclui a Mercedes e a Smart, mas igualmente os camiões e autocarros da Freightliner, Thomas Built Buses, Setra, BharatBenz, Mitsubishi Fuso, os motores Detroit Diesel e as motos MV Agusta. Isto além de participações na Denza, Kamaz e Beijing Automotive Group.

As acções da Tesla sofreram um revés recente com as polémicas em torno do seu CEO Elon Musk, mas bastou um mês para que tudo regressasse ao business as usual, o que levou as acções a subir. E, no final do primeiro dia útil de Dezembro, a Tesla já tinha passado a Daimler, estando o fabricante num ciclo ascendente, bem ao contrário do seu rival alemão, como pode ver nos gráficos na galeria. Isto apesar de a Daimler produzir mais de 3,3 milhões de veículos (entre carros e camiões) e ter um lucro líquido de 10,8 mil milhões de euros. A Tesla não se aproxima destes valores nem por sombras, tendo apenas entrado nos lucros (diminutos) de forma sustentada no último trimestre. Mas a realidade é que os accionistas, aqueles que confiam na empresa, apostam o seu dinheiro nela.

Para a valorização da empresa americana também contribuiu a política, especialmente o anúncio de uma possível solução para a guerra comercial entre os EUA e a China, que está de momento da prejudicar a Tesla, bem como todas as empresas que exportavam para a China a partir dos EUA. Mas não convém descurar outro elemento importante para o mercado bolsista, que se prende com a percepção que a Tesla está mais bem apetrechada para lidar com esta viragem para os eléctricos e possui não só os menores custos de mercado, como também a maior capacidade instalada.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)