Paris

Governo desaconselha viagens a Paris por causa de protestos marcados para sábado

553

Negócios Estrangeiros emitiram um comunicado em que desaconselham viagens "não necessárias" a Paris por causa de mais protestos marcados para sábado.

Os protestos em Paris têm sido conduzidos pelos "coletes amarelos" contra a taxação de combustíveis

AFP/Getty Images

O ministério dos Negócios Estrangeiros emitiu um comunicado a recomendar aos portugueses que evitem “deslocações não necessárias a Paris” por causa da “forte possibilidade de confrontos” na capital francesa: “Embora não se possa prever exatamente o que irá acontecer no próximo fim-de-semana há, por parte das autoridades francesas, a indicação de que no dia 8 (sábado) irão continuar as manifestações em Paris, existindo forte possibilidade de confrontos”, diz o alerta.

As autoridades francesas avisaram o governo de que podem haver novas manifestações junto aos Campos Elísios, Arco do Triunfo, Bastilha, République, Galerias Lafayette, Assembleia Nacional, Senado e Denfert-Rochereau. Além disso, está prevista uma Marcha pelo Clima entre Nation e République nesse mesmo sábado, apesar de as autoridades já terem pedido aos organizadores que cancelem o evento por causa da possibilidades de confrontos nas manifestações.

O alerta avisa sobre possíveis interrupções ou bloqueios de trânsito nos eixos principais de ligação às grandes cidades, sobretudo Bordéus e Marselha. Também se esperam dificuldades em reabastecer bombas de gasolina e supermercados, principalmente nas regiões de Marselha, Nice, Aix, Arles e Avignon. Além disso, o acesso ao aeroporto da região da Provença pode ser novamente bloqueado. Há museus e monumentos fechados e alguns eventos desportivos foram cancelados.

Se tiver de ir a França este fim de semana, os Negócios Estrangeiros aconselham que utilize as aplicações dos transportes públicos para se manter atualizado sobre as linhas e estações em funcionamento. Esteja atento aos jornais franceses e às contas oficiais das Préfectures de Police e das Mairies no Twitter. Em Paris, as autoridades vão espalhar painéis informativos pela cidade.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
China

A Terra É De Quem a Trabalha

João Pires da Cruz

Preocupa-me menos o facto de os chineses serem os “donos disto tudo” do que quando os “donos disto tudo” eram outros. O que me preocupa é o facto de termos feito zero para não haver “donos disto tudo”

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)