Rádio Observador

Cultura

Quer fazer diferente este Natal? Ofereça cultura

De atividades para toda a família a cinema com música ao vivo, tem ainda algumas sugestões de presentes inspirados em artistas portugueses para ser original.

Getty Images/iStockphoto

Há muitas coisas que se podem oferecer no Natal. Mas o melhor presente que se pode dar continua a ser o tempo que passamos com as pessoas de quem gostamos – o tempo em família, entre amigos e celebrado de forma especial com atividades diferentes. A pensar nesta época e no simbolismo que representa, a Fundação Calouste Gulbenkian tem uma programação mágica e pensada tanto para as famílias como para os adultos. É uma forma de oferecer uma experiência e vivê-la também.

E como o Natal também é sinónimo de troca de presentes, pense na lista de pessoas a quem tem de oferecer que nós tratamos do resto: na fotogaleria tem algumas sugestões da loja da Fundação para que o seu presente seja original.

Dê concertos de Natal

Igudesman & Joo é uma dupla de instrumentistas que tem conquistado plateias em todo o mundo graças ao seu registo musical com humor. O concerto que trazem a Portugal este Natal chama-se Big Silent Night Music e promete deliciar o público de todas as idades. Pode levar os miúdos e divertir-se nas sessões de 20, 21 e 22 de dezembro.

AUSTRIA/ 02.2014 / Igudesmanandjoo © Julia Wesely Big Silent Night Music foi pensado para um público alargado e para famílias e mostra como a música pode ser abordada de forma divertida. Fotografia: Gulbenkian

Dê cinema ao vivo

A magia do cinema vai ganhar um novo sabor este ano ao ser acompanhada ao vivo com a Orquestra Gulbenkian. Star Wars: Uma Nova Esperança de George Lucas em janeiro e Tempos Modernos de Charlie Chaplin em Maio.

Dê atividades em família aos mais novos

Tudo o que as crianças querem é divertir-se com os pais. E a época natalícia é uma oportunidade para passar mais tempo com os miúdos. Para os futuros artistas, os jovens dos 12 aos 18 anos podem aproveitar as férias para usufruir das oficinas de desenho onde vão explorar a Fundação usando diversas técnicas e materiais de desenho e pintura. Pode ver toda a programação familiar aqui.

O desenho é uma das formas mais atentas de olhar o mundo. Leve os seus filhos a aprender mais sobre esta técnica e a estimular a sua criatividade. Fotografia: Gulbenkian.

E porque não há Natal sem livros…

A Fundação Gulbenkian vai ter até 23 de dezembro a Festa dos Livros com uma ampla seleção de publicações da Fundação sobre vários temas, incluindo textos clássicos, coleções de cultura portuguesa e catálogos de exposição.
Vai poder comprar tudo isto a preços especiais.

Se procura presentes únicos e originais, pode também encontrar sugestões nos vários produtos da loja como malas e acessórios inspirados em obras de Amadeo de Souza-Cardoso, lenç̧os e jóias inspiradas em obras do Museu Gulbenkian, a coleção Iznik com artigos inspirados nas obras da coleção do Fundador, acessórios para homem como gravatas e lapiseiras de prata e muito mais. Presentes especiais para quem nos é mais querido.

Está sem ideias? Na fotogaleria reunimos algumas sugestões que pode encontrar na loja da Gulbenkian. Não é difícil ser original.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt
Trabalho

Ficção coletiva, diz Nadim /premium

Laurinda Alves

Começar reuniões a horas e aprender a dizer mais coisas em menos minutos é uma estratégia que permite inverter a tendência atual para ficarmos mais tempo do que é preciso no local de trabalho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)