Rádio Observador

Proteção Civil

Proteção Civil diz que se mantém “resposta pronta e eficaz” às populações

A Proteção Civil assegura que a suspensão da informação operacional por parte dos bombeiros não está a colocar em risco a "resposta pronta e eficaz" no socorro às populações.

INACIO ROSA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Proteção Civil assegurou este domingo que a suspensão da informação operacional por parte dos bombeiros não está a colocar em risco a “resposta pronta e eficaz” no socorro às populações.

A garantia foi dada em conferência de imprensa, na sede da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em Carnaxide, no concelho de Oeiras, pelo comandante do Agrupamento Distrital Centro-Norte, Pedro Nunes.

Pedro Nunes disse que a suspensão, desde as 00:00 de hoje, das comunicações das ocorrências pelos bombeiros aos comandos distritais de operações de socorro “não coloca em causa a segurança e a prontidão do sistema da Proteção Civil”, salientando “a resposta pronta e eficaz” de todos os agentes, incluindo os bombeiros.

“O sistema está a funcionar normalmente”, sublinhou, acrescentando que a informação operacional está a chegar à Proteção Civil através da linha 112, do Instituto Nacional de Emergência Médica e também dos bombeiros.

O comandante do Agrupamento Distrital Centro-Norte adiantou que a ANPC “tem reforçado a coordenação institucional” para garantir o “reforço da monitorização das situações no país”.

Pedro Nunes referiu, sem apontar causas, que houve hoje um decréscimo de 23% no número de ocorrências face ao período homólogo de 2017.

O responsável escusou-se a comentar as declarações do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, optando por transmitir uma mensagem de tranquilidade às pessoas.

Eduardo Cabrita considerou hoje que a suspensão da comunicação das ocorrências promovida pela Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) é ilegal e coloca em causa a segurança das pessoas ao afetar a coordenação de meios de resposta.

Em reação, a LBP, que reclama uma direção nacional autónoma e independente de bombeiros, reiterou que a prestação do socorro não está em risco.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)