As exportações portuguesas de bens aumentaram 5,9% e as importações progrediram 5,3% em outubro em termos homólogos, acelerando face às evoluções de 1,0% e 0,4%, respetivamente, registadas em setembro, divulgou esta segunda-feira o INE.

Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), excluindo os combustíveis e lubrificantes, em termos homólogos, em outubro as exportações aumentaram 8,5% e as importações cresceram 7,6% (contra as subidas de 2,6% e 1,4%, respetivamente, em setembro de 2018).

O défice da balança comercial de bens agravou-se em 54 milhões de euros face ao mesmo mês de 2017, para 1.593 milhões de euros.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 1.100 milhões de euros, correspondente a um aumento do défice de 39 milhões de euros em relação a outubro de 2017.