A estética do passado e a mobilidade do futuro: serão estas as linhas-mestras com que a Volkswagen pretende propor mais um elemento para compor a gama I.D., rentabilizando assim a plataforma MEB, que desenvolveu especificamente para veículos de propulsão eléctrica. A Autocar avança que estará na calha um modelo inspirado no clássico buggy que Bruce Meyers popularizou nas décadas de 60 e 70, e que tinha como base a mecânica do Carocha.

De acordo com a mesma publicação, o projecto está já em marcha, o que não é de estranhar atendendo a que, há sete anos, a Volkswagen revelou a intenção de investir em segmentos ‘alternativos’ do mercado, quando apresentou o concept Buggy Up! (na fotogaleria acima), estudo que na altura partia do pequeno citadino.

2 fotos

Agora, o que está em cima da mesa é recuperar a estética rétro dos buggies que foram sendo criados a partir do clássico Carocha, sendo o futuro buggy um dos três modelos que o ‘patrão’ da marca, Herbert Diess, pretende ressuscitar, a par do I.D. Buzz (o ‘Pão de Forma’ eléctrico) e do próprio Carocha.

Vão matar o Carocha já em 2019. Ou não

A confirmar-se a indicação de que o buggy vai surgir em Genebra, para testar a aceitação do público, não será de esperar que o possamos ver nas ruas antes de 2025. Isso na melhor das hipóteses, pois o fabricante alemão vai escolher os segmentos tradicionais – hatchbacks, berlinas e SUV – para arrancar com a produção (e venda) de veículos eléctricos. Só assim terá hipótese de alcançar os 15 milhões de unidades zero emissões que fixou como objectivo (revisto em alta) para os próximos anos e que justificam o forte investimento que o construtor de Wolfsburg está a fazer em fábricas.