Do Mundial aos fogos em Monchique: o que mais pesquisaram os portugueses no Google em 2018?

O desporto, a morte de várias celebridades e fenómenos como furacões e eclipses marcaram as tendências de pesquisa no Google em 2018, incluindo as dos portugueses.

i

O chamado “Ano em pesquisa” da Google revela as principais tendências de pesquisa no motor de busca

AFP/Getty Images

O chamado “Ano em pesquisa” da Google revela as principais tendências de pesquisa no motor de busca

AFP/Getty Images

O Campeonato Mundial de Futebol que decorreu na Rússia, os incêndios que devastaram a serra de Monchique e Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting, foram alguns dos temas e personalidades que este ano marcaram as tendências de pesquisa dos portugueses no Google. Em comunicado, a empresa revelou esta quarta-feira os resultados do seu ano em pesquisa, onde também teve grande destaque o adeus a vários ícones culturais em 2018.

A nível nacional, o desporto dominou em várias áreas de pesquisa: além do Mundial, as polémicas relacionadas com o Sporting colocaram Bruno de Carvalho e as eleições do Sporting na lista das tendências, bem como os jogadores Rúben Semedo e Rui Patrício. Houve também espaço para os portugueses pesquisarem por programas televisivos, como o “Secret Story”, o “Casados à Primeira Vista” e o “Love on Top”, que, segundo os resultados, constituem três dos programas com mais tendência de pesquisa este ano em Portugal.

Os portugueses estiveram também atentos a eventos que marcaram o mundo este ano, como as eleições brasileiras, o casamento real e também o resgate de 12 crianças e um treinador numa gruta na Tailândia. Quiseram também saber mais sobre fenómenos como o furacão Leslie e o eclipse lunar. As notícias nacionais, como o incêndio de Monchique e o debate sobre a mudança da hora, também fizeram parte das pesquisas feitas no país. Já relativamente à curiosidade da população nacional, a tendência de pesquisa por frases começadas pela palavra “como”, mostra que muitas se referiam a “como fazer slime”, uma massa viscosa, seguindo-se o “como ver a Eleven Sports”, a plataforma que chegou a Portugal e adquiriu os direitos televisivos das principais competições desportivas.

Quanto aos nomes internacionais, o DJ Avicii, o escritor argumentista e editor da Marvel Comics, Stan Lee, e a cantora Demi Lovato constituem o top 3 das tendências de pesquisa dos portugueses. Já nos nomes nacionais, o pódio foi ocupado por Bruno de Carvalho, pela apresentadora Helena Ramos e pelo cantor Zé do Pipo.

No resto do mundo, o cenário tem algumas diferenças. Mas há uma coisa em comum: o campeonato mundial também dominou a tendência de pesquisas no motor de busca, bem como os óbitos de personalidades como Avicii, Mac Miller, Stan Lee, Anthony Bourdain, XXXTentacion e Aretha Franklin. Nas pesquisas surge também o interesse em temas relacionados com os Estados Unidos, como o furacão Michael, a polémica de Brett Kavanaugh e o tiroteio na Flórida.

Já na lista de personalidades que dominaram o motor de busca em 2018 estiveram Meghan Markle, seguindo-se Demi Lovato e Sylvester Stallone.

O ano em pesquisa Google revela as principais tendências de pesquisa no motor de busca, ou seja, “o que chamou mais à atenção das pessoas em 2018” em comparação com os resultados de 2017, explicou a Google em comunicado. Estas tendências são pesquisas “que tiveram o maior pico de tráfego durante um período sustentado em 2018 em comparação com 2017”.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.