O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve 13 futebolistas estrangeiros que alinhavam em clubes de futebol amadores da Associação de Futebol de Bragança e notificou outros 14 para saírem voluntariamente do país, avançou a entidade em comunicado. As detenções e notificações resultaram da “permanência irregular em território nacional” dos futebolistas. Ao todo, foram detetados nesta operação 37 cidadãos estrangeiros em situação irregular.

Entre os futebolistas estrangeiros em situação de imigração ilegal em Portugal estarão três “menores estrangeiros, maiores de 16 anos”, que foram “detetados nas instalações” de clubes do distrito. Devido à idade destes três futebolistas, o SEF notificou a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.

Na operação, que incidiu sobretudo em Carção e Carrazeda de Ansiães e que resultou nas detenções e notificações, estiveram envolvidos 16 operacionais do SEF e elementos da GNR. Os detidos serão presentes esta quinta-feira às autoridades judiciárias dos Tribunais de Miranda do Douro e Vila Flor, no distrito de Bragança.