A escritora brasileira Nélida Piñon foi esta quinta-feira distinguida com o Prémio Literário Vergílio Ferreira 2019, atribuído pela Universidade de Évora, revelou à agência Lusa fonte da academia alentejana.

A decisão foi tomada durante uma reunião do júri do prémio, presidido pelo professor da Universidad de Évora Antonio Sáez Delgado e que integra também os docentes universitários Cláudia Afonso Teixeira, Fernando Cabral Martins (Universidade Nova de Lisboa) e Ângela Fernandes (Universidade de Lisboa), assim como a crítica literária Anabela Mota Ribeiro.

Instituído pela Universidade de Évora em 1997, para homenagear o escritor que lhe dá o nome, o prémio destina-se a galardoar anualmente o conjunto da obra literária de um autor de língua portuguesa relevante no âmbito da narrativa e/ou ensaio.