Presidente da República

Marcelo apela à defesa da democracia contra “aventureirismo fora do sistema”

289

Durante a sessão de boas festas do Governo, esta quinta-feira em Belém, o Presidente da República apelou à defesa da democracia contra o "aventureirismo de realidades fora do sistema".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), conversa com a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

MIGUEL A. LOPES/LUSA

O Presidente da República apelou esta quinta-feira à defesa da democracia contra o “aventureirismo de realidades fora do sistema”, considerando que Portugal deve recordar-se da experiência da ditadura para “não querer ensaiá-la outra vez”.

Marcelo Rebelo de Sousa deixou esta mensagem durante uma sessão de apresentação de cumprimentos de boas festas por parte do Governo, na Sala dos Embaixadores do Palácio de Belém, declarando-se confiante de que os portugueses “não trocam a democracia por uma ditadura”.

Ainda assim, o chefe de Estado aproveitou esta ocasião para advertir que, “a pretexto de ensaiar novas fórmulas que se dizem democráticas iliberais ou na margem da democracia”, há a possibilidade de “rapidamente resvalar para ditaduras”.

“Isto de saber que é preferível a segurança da democracia, na diversidade de opiniões, ao aventureirismo de realidades fora do sistema é uma grande riqueza nacional. Tem sido uma riqueza nacional e vai continuar a ser uma riqueza nacional”, afirmou.

Em seguida, apelou: “Essa é uma riqueza que não podemos perder. Para quem teve ainda há não muito tempo a experiência de uma ditadura, nada como ter presente essa experiência para não querer ensaiá-la outra vez”.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)