A versão mais desportiva do Classe A da Mercedes já era uma ‘bomba’ altamente recomendável para quem gosta de emoções fortes, animada pelo seu motor 2.0 Turbo, com 360 cv, que se assumia como o mais potente da classe. A nova geração promete ir um pouco mais longe.

Ainda não há muitos dados sobre o futuro A45 AMG, além de contar com uma versão mais “puxada” do 2.0 Turbo e continuar a usufruir do sistema de tracção integral, uma vez que a Mercedes achou que passar quase 400 cv ao solo através de apenas um eixo seria uma obra ciclópica.

Mas o antigo A45 AMG não era brilhante, com um comportamento demasiado subvirador, tornando a sua condução nos limites rápida, mas não muito espectacular. O fabricante alemão decidiu apurar esta faceta do seu pequeno desportivo ao apimentar o comportamento, quando o condutor decide desafiar as leis da física. E é exactamente aqui que o Classe A mais “assanhado” ultrapassa o seu antecessor. Como se pode ver das imagens, o A45 AMG é ágil, sob acelerador a frente entra bem nas trajectórias, para depois, e sempre sob acelerador, a versão mais desportiva do Classe A fazer uns slides intermináveis, tão exuberantes de ver quanto divertidos de realizar.

Veja o vídeo e diga de sua justiça.