Depois de apresentar o Kia e-Niro, o crossover eléctrico, a marca sul-coreana prepara-se para lançar, igualmente em 2019, o Soul EV. O modelo, que passa a usufruir dos serviços de uma nova geração, com grandes diferenças para a antiga, especialmente a nível estético, será oferecido com motores a gasolina, a gasóleo e eléctrico, mas não para Portugal, onde o importador achou por bem concentrar-se na versão 100% eléctrica, denominada Soul EV, por ser aquela que suscita maior curiosidade junto do público.

A nova geração do Soul, o modelo mais ousado em matéria de design da Kia, é 5,6 cm mais comprido do que o anterior, com uma distância entre eixos 3,1 cm mais comprida e mais 142 litros de capacidade na bagageira. Mas mais do que as melhorias ao nível das dimensões, ou da estética, o que importa são as vantagens da nova versão eléctrica, alimentada por baterias.

9 fotos

A bateria que alimenta o motor passa de 30 kWh para uma capacidade de 64 kWh, mais do dobro que garante outro tanto em termos de autonomia. O motor de 111 cv cede o seu lugar a outro de 204 cv, com muito mais força, com o Soul EV a recorrer aos mesmos argumentos em termos mecânicos do e-Niro, de que vos falámos recentemente. Isto em termos de diferentes níveis de regeneração de energia, eficiência das bateria e sobretudo gestão da energia, o que permite ao veículo, em condições normais, baixar dos 12 kWh/100km em termos de consumos.

O Soul EV tem mais equipamento, tanto de conforto como de segurança e ajudas à condução, restando aguardar pela entrada no mercado nacional, bem como pelo preço pelo qual vai ser proposto. Não é ainda conhecida a autonomia em WLTP da nova geração, que deverá rondar os 455 km do e-Niro, sendo que o Soul EV será igualmente capaz de recarregar a 100 kW, através de uma tomada CCS Combo.