O novo Continental GT Convertible é o descapotável concebido com base no coupé com a mesma denominação, com a vantagem de, logo à partida, ambas as versões terem sido concebidas em simultâneo. Isto simplificou a tarefa da marca britânica no momento de “abrir” o coupé, ou seja, quando foi necessário aplicar os necessários reforços para garantir a mesma robustez, com o cabriolet a conseguir assim pesar apenas mais 170 kg do que a versão fechada.

Como descapotável de luxo que se preze, o Continental GT Convertible recorre a uma capota de lona, recheada de material isolante, pois num veículo deste tipo não só não é aceitável deixar passar para o habitáculo o ruído do exterior, como a temperatura, esteja lá fora frio ou calor. É claro que uma capota rígida retráctil faria um melhor trabalho em termos de isolamento acústico e térmico, mas seria mais pesada, mais volumosa uma vez fechada e, acima de tudo, esteticamente menos atraente. Pode ainda abrir e fechar em andamento, até 50 km/h, necessitando apenas de 19 segundos para completar a manobra.

7 fotos

O novo Convertible da Bentley é um veículo de dimensões imponentes, com 4,85 de comprimento total e 2,85 m de distância entre eixos. Isto deixaria espaço mais que suficiente para conceber um habitáculo digno de um generoso modelo familiar, mas face às características desportivas deste GT, a Bentley optou por montar o motor à frente, mas numa posição muito recuada, o que leva o condutor a ficar sentado atrás do centro do veículo, de forma a equilibrar o peso que incide sobre cada um dos eixos. O espaço interior é do tipo 2+2, mas consegue acolher dois adultos atrás – não com o mesmo conforto e volumetria da berlina –, sendo que a bagageira tem uma capacidade de 235 litros, não muito, especialmente se viajar a quatro.

9 fotos

Lá dentro o requinte roça o absurdo (de bom), não só pelos materiais utilizados serem de primeira qualidade, como pelo cuidado posto nos acabamentos. O equipamento inclui de tudo um pouco, como seria de esperar num modelo que, entre nós, deverá rondar os 300.000€, se não abusar dos extras – também aqui a lista é tão recheada quanto extensa.

Mas um dos melhores argumentos do Continental GT Convertible tem a ver com a nobreza da sua mecânica, o imponente motor de 12 cilindros distribuídos em W, o que lhe permite ser substancialmente mais curto do que os 12 cilindros convencionais em V. Digamos que em vez de ter o comprimento inerente a dois blocos de seis cilindros, soldados de forma a formar um V, tem apenas o comprimento de três blocos de quatro cilindros.

Integralmente construído em alumínio, soprado por dois turbocompressores e recorrendo a injecção directa e indirecta, para optimizar a combustão e reduzir consumos e emissões, o W12 extrai a módica quantia de 635 cv dos seis litros de capacidade, bem como uns impressionantes 900 Nm, força suficiente até para subir paredes. E logo a partir das 1.300 rpm, para se poder deslocar de um lado para o outro a ronronar, sem necessitar pois que o W12 levante a voz.

10 fotos

Com uma potência destas e como a Bentley não está no negócio de assustar os clientes, a casa britânica do Grupo Volkswagen continua a confiar num sistema de tracção integral, mas visando cada vez mais a necessária agilidade, para dar gozo aos condutores que o queiram aproveitar, especialmente no modo de condução mais desportivo. Por isto mesmo, o eixo traseiro recebe mais potência do que o anterior, para ajudar o Bentley a rodar em aceleração. Novidade é a nova caixa de oito velocidades automática, dado que o fabricante trocou a antiga tradicional, com conversor de binário, por uma de dupla embraiagem, mais rápida e mais desportiva, com os discos banhados a óleo para o cliente continuar a usufruir da necessária suavidade.

O resultado é um coupé luxuoso, com ou sem capota, que deverá exigir cerca de 300.000€ em Portugal, mas o cliente até se vai esquecer de quanto pagou por esta peça de arte. Especialmente, quando passar pelos 100 km/h em somente 3,8 segundos, com um carro de quase duas toneladas e meia, ou bater nos 333 km/h, a velocidade máxima anunciada para este elegante Convertible.