O vulcão Etna na Sicília entrou em erupção esta segunda-feira, lançando colunas de fumo e cinzas para o céu. O Etna, no Mediterrâneo, é o maior e mais ativo vulcão europeu. Desde a madrugada desta segunda-feira, foram já registados cerca de 130 sismos em cadeia, de acordo com o instituto italiano de Geofísica e Vulcanologia. O abalo mais forte atingiu a magnitude de 4.0 Não há relatos de feridos.

A erupção obrigou a encerrar o aeroporto da Catania na costa leste da ilha italiana, que entretanto já reabriu, mas com limitações. Está marcada uma reunião da administração do aeroporto que admite voltar a encerrar, caso a direção dos ventos volte a comprometer a visibilidade.

Com mais de 3.300 metros, o Etna pode entrar em ação várias vezes por ano, expelindo lava e fumo, mas sem grandes consequências. A última grande erupção aconteceu em 1992.