O tenista sérvio Novak Djokovic foi eleito pela terceira vez o desportista europeu do ano pelas 23 agências de notícias da Europa que participaram na eleição promovida pela polaca PAP, cujos resultados foram revelados esta quarta-feira.

Em 2018, o líder do ‘ranking’ mundial, que já tinha sido distinguido com o melhor europeu pelas agências em 2011 e 2015, venceu o US Open e o torneio de Wimbledon, ambos do Grand Slam, e os Masters 1.000 de Cincinatti e Xangai.

Djokovic venceu a eleição com 145 pontos, mais 13 do que o futebolista croata do Real Madrid Luka Modric, vice-campeão do mundo de seleções, campeão da europa e do mundo de clubes, e mais 31 do que o britânico Lewis Hamilton, que se sagrou pentacampeão do mundo de Fórmula 1, e a quem sucede neste prémio.

O português Cristiano Ronaldo, da Juventus, que, em 2016 se tornou no primeiro futebolista a ser distinguido com este prémio, não foi além do 19.º lugar, com 20 pontos, também atrás dos franceses Antoine Griezmann, oitavo, com 43, e Kylian Mbappé, 16.º, com 24.

O título de desportista do ano para as agências de notícias da Europa é atribuído desde 1958.

  • Lista dos 20 mais votados:

1. Novak Djokovic, Ser (Ténis) 145 pontos

2. Luka Modric, Cro (Futebol) 132

3. Lewis Hamilton, GB (Fórmula 1) 114

4. Ester Ledecka, Cze (Snowboard) 74

5. Martin Fourcade, Fra (Biatlo) 69

6. Marcel Hirscher, Aut (Esqui alpino) 67

7. Marit Bjoergen, Nor (Esqui nórdico) 59

8. Antoine Griezmann, Fra (Futebol) 43

9. Kevin Mayer, Fra (Atletismo) 40

10. Simona Halep, Rom (Ténis) 39

. Kamil Stoch, Pol (Esqui nórdico) 39

12. Luka Doncic, Slo (Basquetebol) 36

13. Dina Asher-Smith, GB (Atletismo) 31

14. Geraint Thomas, GB (Ciclismo) 30

15. Sarah Sjoestroem, Sue (Natação) 25

16. Kylian Mbappé, Fra (Futebol) 24

17. Marc Marquez, Esp (MotoGP) 22

. Jacob Ingebrigtse, Nor (Esqui nórdico) 22

19. Cristiano Ronaldo, Por (Futebol) 20

20. Alexander Ovetchkin, Rus (Hóquei no gelo) 16