Supercarros

Arranque: Ferrari contra McLaren e dois Lamborghini

Ferrari 812 Superfast, McLaren 720 S e os Lamborghini Aventador SV e Huracán Performante são os modelos que mais água fazem crescer na boca dos amantes de desportivos. Qual será o mais rápido?

Podem não ser os superdesportivos mais caros do mercado, ou até mesmo os mais potentes, mas estas quatro “bombas” fazem salivar todos os que gostam de carros potentes, ágeis e rápidos, tanto numa aceleração em recta como numa pista repleta de curvas. Ainda imbuído do espírito natalício, o youtuber 888MF decidiu aproveitar um encontro de supercarros num aeródromo britânico para opor quatro dos mais emblemáticos desportivos do momento, todos eles a envergar emblemas que fazem as delícias da maioria. Sendo de realçar que todos os veículos foram conduzidos pelos seus proprietários e impedidos de recorrer ao launch control, que facilita os arranques.

Dos quatro modelos sobre a linha de partida, 50% eram Lamborghini, que se fez representar pelo Huracán Performante Spyder, com 1.507 kg (sem condutor) e motor 5.2 V10 atmosférico de 640 cv, e pelo o seu “irmão” maior, o Aventador SV, com 1.630 kg puxados por um 6.5 V12, igualmente atmosférico, com 750 cv. Frente à armada italiana estava o britânico McLaren 720 S, a versão mais desportiva da casa, com apenas 1.419 kg e o único motor sobrealimentado, um 4.0 V8 biturbo com 720 cv, uma solução menos nobre em termos mecânicos, mas que compensa ao fornecer mais força.

Porém, todos os intervenientes tinham de ter em conta o Ferrari 812 Superfast que, como o seu nome indica, é mesmo muito rápido. Animado por o melhor atmosférico da actualidade (até aparecer o Valkyrie), o 6.5 V12 do Ferrari fornece 800 cv, apesar de ter um peso de 1.630 kg e apenas tracção traseira, tal como o McLaren e ao contrário dos Lamborghini.

Uma análise dos valores anunciados pelos fabricantes coloca desde logo o Huracán Performante Spyder numa posição menos boa, pois se é o segundo mais leve (o que poderia ser uma vantagem numa pista sinuosa), é igualmente o menos potente, perdendo 80 cv para o segundo menos possante e 160 cv para o líder da matilha. O anúncio de 323 km/h de velocidade máxima e 0-100 km/h em 3,1 segundos, confirma as previsões.

Os restantes três superdesportivos reivindicam uma velocidade máxima entre 340 e 350 km/h, e todos eles a capacidade de ir de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos. Se elevarmos a fasquia para os 0-200 km/h, o McLaren começa a ter uma (magra) vantagem (7,8 segundos), à frente do Ferrari (7,9 s), do Aventador (8,6 s) e do Huracán (8,9 s). O que deixa nas mãos dos proprietários dos exuberantes modelos a capacidade de derrotar (ou ser derrotado) os concorrentes. Faça as suas apostas e… veja o vídeo:

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)