O Governo e a ANA — Aeroportos de Portugal vão assinar, na próxima terça-feira, dia 8 de janeiro, o acordo que permite avançar com a construção do novo aeroporto no Montijo e expandir o aeroporto Humberto Delgado, segundo noticia o Jornal de Negócios.

O documento vai permitir rever o atual contrato de concessão da ANA, o qual é fundamental para o arranque da construção. Neste sentido, o acordo irá definir as questões financeiras que vão estar em causa e as metas do investimento a realizar nos próximos anos. O que há também ainda a fazer para que a construção do novo aeroporto avance é a declaração de impacto ambiental, o que está previsto para o começo deste ano.

O Governo, por sua vez, já tinha determinado que os custos de investimento no projeto “Portela+Montijo” terão de ser suportados pela gestora dos aeroportos nacionais.

Com a alternativa “Portela+Montijo” ao aeroporto de Lisboa, Lisboa vai ver a sua capacidade aeroportuária aumentada, podendo vir a chegar aos 50 milhões de passageiros por ano e aos 72 movimentos de aeronaves por hora.