Um casal de nacionalidade portuguesa com idades compreendidas entre os 50 e 60 anos foi encontrado morto este sábado no interior da casa que habitavam, na rua do Infantário, em Lagoa, no Algarve. A informação foi confirmada ao Observador por fonte do Comando Distrital das Operações de Socorro de Ferro, que confirmou a receção de um alerta às 12h03, dado pelo 112.

Os meios de socorro chegaram ao local, procederam à abertura de porta e encontraram o homem e a mulher mortos com arma de fogo, no interior da habitação. Neste momento, estarão a ser consideradas as possibilidades de homicídio seguido de suicídio ou de duplo homicídio. De acordo com vários órgãos de comunicação social, as autoridades suspeitam que terá sido o homem a assassinar a mulher antes de pôr termo à vida.

A arma usada terá sido uma caçadeira e há testemunhos de vizinhos que afirmam ter ouvido tiros na noite de sexta-feira. O casal estava junto há cerca de um ano. O caso está a investigado pela Polícia Judiciária.

Estiveram no local elementos dos Bombeiros Voluntários de Lagoa, PJ, Proteção Civil e Guarda Nacional Republicana.