Floresta

Área de eucalipto ainda pode aumentar em Portugal

386

Até ao final de 2019, há proprietários com autorização para plantarem eucaliptos em Portugal e aumentarem a área ocupada com este tipo de árvores. A lei de 2017 não anulou as autorizações anteriores.

Os eucaliptos regeneram facilmente depois dos incêndios

PAULO NOVAIS/LUSA

Desde 1 de janeiro de 2018 que é proibido plantar eucaliptos nas áreas onde este não existia, mas há proprietários que têm autorização de plantação até final de 2019, noticia o Diário de Notícias.

Depois dos incêndios de 2017, em Pedrogão Grande e Góis, o Governo preparou a primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 96/2013, de 19 de julho, que ditava as regras das ações de arborização e rearborização. A ideia era que não fosse permitida a instalação de plantações de eucaliptos onde não existiam antes e que, eventualmente, fosse reduzida a extensão destas árvores em algumas áreas.

O problema é que a Lei n.º 77/2017, de 17 de agosto, só entrou em vigor no primeiro dia do ano passado e não anulou as autorizações que tinham sido dadas anteriormente. Quero isto dizer que todas as autorizações que foram concedidas até 31 de dezembro de 2017 podem ser postas em prática ao longo de dois anos, no limite até 31 de dezembro de 2019.

A área total de eucalipto, a nível nacional, “é para diminuir e não para aumentar”, afirmou o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, no final de dezembro. Mas os especialistas ouvidos pelo Diário de Notícias acreditam que existem condições para a ocupação por eucalipto aumentar até ao final do ano.

Além das arborizações autorizadas (primeira instalação das plantações) e das rearborizações (onde se pode instalar as mesmas espécies que estavam presentes, incluindo eucalipto), ainda é preciso considerar os terrenos onde o eucalipto está a rebentar naturalmente (depois do corte ou incêndio), alerta o Diário de Notícias.

Em junho de 2018, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) alertou que desde 2013 não se plantavam tantos eucaliptos (quando se liberalizou a arborização com este tipo de árvores).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: vnovais@observador.pt
Floresta

Eucaliptos: a árvore e a floresta

Francisco Castro Fraga e Luís Castro Leal
147

Legislação de 1937 - sensata, equilibrada e confirmada pelo decurso do tempo - que proibia o plantio de eucaliptos a menos de 30 m de nascentes de água, por exemplo, foi revogada sem vantagem aparente

Crónica

Mais 5 dias inúteis /premium

Alberto Gonçalves

Claro que o ar do tempo começa a tornar-se irrespirável e que uma sociedade fundamentada na desconfiança e na delação não promete um futuro risonho. Claro que me apetecia fazer queixa. Mas a quem?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)