Treze novos nomes: é esta a grande novidade que a organização do festival Tremor decidiu divulgar esta segunda-feira. Numa lista onde se encontram nomes como o de Jacco Gardner (um repetente neste festival que há cinco anos seguidos dá música ao Atlântico) Haley Heynderickx — em estreia nacional — e ainda o grupo Bulimundo, verdadeiros históricos da música cabo-verdiana.

Entre os dias 9 e 13 de abril, a ilha de São Miguel vai voltar a abanar ao som do melhor da música alternativa. Aos nomes mais sonantes, já enumerados, que fazem parte desta vaga de novas confirmações, juntam-se ainda os do grupo CZN  (projeto colaborativo entre João Pais Filipe  — Paisiel, HHY & The Macumbas — e Valentina Magaletti — Tomaga, The Oscillation) e o do luso-americano Trans Van Santos.

Além destas confirmações, somam-se ainda a de colaborações como dB+Balada Brassado, o produtor do Conjunto Corona e frontman do projeto “David Bruno” que se alia ao grupo cómico micaelense; a de Cristóvão Ferreira e a dupla espanhola Tupperwear, de Pedro Lucas e os We Sea e ainda a do rapper LBC com o realizador Diogo Lima.

O conjunto Bulimundo é uma das mais relevantes bandas de funaná no ativo e já com mais de 30 anos de história promete trazer uma festa interminável à ilha açoriana. Gardner foi um dos primeiros nomes a tomar a liderança do renascimento psicadélico vivo há poucos anos e ao qual se juntou outros grupos como Tame Impala, Temples ou até  Melody’s Echo Chamber. Finalmente, a estreante Haley é um dos mais jovens e promissores nomes da nova folk norte-americana (com bonitos laivos jazzísticos, lá pelo meio) e vai apresentar, em data única, I Need to Start a Garden (o seu álbum mais recente que é também a sua estreia discográfica, lançado no ano passado).

O Tremor decorre entre os dias 9 e 13 de abril na ilha de São Miguel, Açores. Os bilhetes comprados agora (com um ligeiro desconto) custarão 40€ e estão disponíveis não só nos sítios do costume como na loja La Bamba Bazar Store em Ponta Delgada.