Incêndios

Lisboa. Incêndio que deflagrou no emblemático restaurante Edmundo já está extinto

246

Um incêndio deflagrou esta terça-feira à tarde no restaurante Edmundo, em Lisboa. Não há registo de feridos. Antes dos bombeiros chegarem, o local tinha sido evacuado. Fogo já está extinto.

Via Facebook do restaurante Edmundo

Um incêndio deflagrou esta terça-feira à tarde no restaurante Edmundo, em Benfica, Lisboa, avança o Jornal de Notícias. Não há registo de feridos. O incêndio foi extinto cerca de meia hora depois ter deflagrado e os proprietários dizem o restaurante deverá abrir já esta quarta-feira.

O fogo num dos restaurantes mais emblemáticos da cidade lisboeta está a ser combatido por dez profissionais do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, com o apoio de oito viaturas do  Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa e duas dos Bombeiros Voluntários de Lisboa, confirmou o sub-chefe José Jacinto à TVI 24.

O alerta foi dado pelas 17h26 da tarde desta terça-feira e terá começado numa das cozinhas do estabelecimento. Quando os bombeiros chegaram ao local, o restaurante já tinha sido todo evacuado.

A Estrada de Benfica, onde se situa a conhecida cervejaria, está cortada ao trânsito, avança o CM.  A Polícia de trânsito está a pedir aos condutores que procurem um trajeto alternativo.

As causas do incêndio não são para já claras, mas o Correio da Manhã noticia que o incêndio terá tido origem numa das cozinhas do estabelecimento.

Penso que tenha sido um pequeno curto-circuito na parte de desenfumagem da churrasqueira”, afirma José Jacinto, sub-chefe do Regimento de Bombeiros Sapadores à TVI 24.

Apesar do incidente, a gerência do restaurante já emitiu uma comunicado na sua página de Facebook, dizendo que o restaurante reabrirá amanhã.

O restaurante, vocacionado para a cozinha tradicional portuguesa, é especialmente conhecido pelas suas espetadas de carne.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)