Economia

Portugal emite 4 mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro a 10 anos

As Obrigações do Tesouro a 10 anos portuguesas negoceiam com um juro de 1,786%. Entre os bancos envolvidos na operação constam o BBVA, o BNP Paribas, o Credit Agricole, o Citi e o Morgan Stanley.

TIAGO PETINGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) realizou esta quarta-feira um leilão de Obrigações do Tesouro a 10 anos sindicada por bancos, no valor de 4 mil milhões de euros, avança a Bloomberg. As Obrigações do Tesouro (OT) foram emitidas com um spread de 112 pontos base acima da taxa do mercado, de acordo com a agência Bloomberg.

As OT a 10 anos portuguesas negoceiam com um juro de 1,786%. A procura atingiu os 24 mil milhões de euros, seis vezes acima do montante da emissão. Entre os bancos envolvidos na operação constam o BBVA, o BNP Paribas, o Credit Agricole, o Citi e o Morgan Stanley. Os títulos de dívida de longo prazo têm maturidade em 15 de junho de 2029.

No dia 4 deste mês, o IGCP anunciou que as necessidades de financiamento líquidas do Estado para este ano deverão situar-se em cerca de 8,6 mil milhões de euros. A agência espera um montante de 15,4 mil milhões de euros através da emissão bruta de OT ao longo de 2019, combinando sindicatos e leilões e assegurando emissões mensais.

O IGCP indicou, na altura, que os leilões de OT terão a participação dos Operadores Especializados de Valores do Tesouro (OEVT) e Operadores de Mercado Primário (OMP) e serão realizados às segundas e quartas-feiras de cada mês. Nessa nota, o IGCP indicou que o montante indicativo e as linhas de OT a reabrir serão anunciados até três dias úteis antes do leilão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

2019 no mundo e em Portugal

Inês Domingos

Vinte anos depois do calendário, passada a crise, 2019 é o ano em que política, social e economicamente entramos realmente no novo século. Este Governo está aflitivamente impreparado para o enfrentar.

Política

O Povo é sempre o mesmo

Pedro Barros Ferreira

Trump e Bolsonaro não apareceram de gestação expontânea, antes pela sementeira criada pelos partidos e políticos que nada fazem, mas que dizem que tudo deve mudar para que, afinal, tudo fique na mesma

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)